A Chuva Cai

Chuva na janelaImagem - autor desconhecido


A chuva cai
e a tarde,
Feito a noite,
aos poucos,
enche o meu coração
De saudade

As gotas respingam em mim
E refletem desejos
vermelhos
Naturais.
Como foi bom
Ter acontecido você

O dia se foi. Seguiu seu caminho.
Enquanto, embriagado,
Tropeço nas cores
Que você deixou comigo,
Completamente enfeitiçado
pelo seu carinho.

Helio Jenné


Clique para ouvir



9 comentários:

Nina Victor disse...

Adoro esta poesia!

Vê lá:

http://aobelprazer.blogspot.com/2008/08/presentes.html

Beijo! )

Helio Jenné disse...

Que maravilha saber disso, querida Nina! Vou agorinha ver! :)

Maria Júlia Pontes disse...

Que bom passar por aqui e te ler novamente Helio!!
saudade de seus poemas!
bjos

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Quanto tempo não venho aqui.
Hoje me deparo com uma bela poesia, concentro-me e descubro e reconheço aqui o belo.
Um grande abraço

Mari disse...

Delícia em forma de palavras...
Parabéns pela sensilbilidade!

Helio Jenné disse...

Maria Júlia, Martha e Mari, muito obrigado pelas palavras gentis. Vou procurar me dedicar mais a este blog, e publicar novos textos. Beijos e bom fim de semana às queridas amigas!

No Palco da Vida disse...

Apreciar a chuva é apreciar a Vida.
Apreciar as palavras é apreciar os Sentidos . Observar as gotas é observar as pessoas.

Parabéns mais um Fã para o Blog Helio .
Fique com Deus

Cosmunicando disse...

olá menino!
vi que você tem blogspot só agora =)
muito bacana
bjos

Beth Cerquinho disse...

Navegando vim parar aqui e amei...já fiquei seguidora...